Chuva deixa desabrigados no RS e deve chegar a SP à noite

See on Scoop.itBOCA NO TROMBONE!

A chuva que atingiu o Rio Grande do Sul no fim de semana, deixando mais de 1.500 desabrigados, deve chegar à capital paulista a partir de hoje à noite. O que deve melhorar a qualidade do ar.

See on www1.folha.uol.com.br

Em pouco mais de um mês, metade da neve do Hemisfério Norte se derrete

equipe eCycle

 

Apesar de pouco discutida, situação de aquecimento no Hemisfério Norte está cada vez mais preocupante. Calor não para de subir, e, o gelo, de derreter

O mês de junho de 2013 foi considerado, pela NASA (órgão americano de Administração Nacional de Aeronáutica e Espacial) e NOAA (órgão americano de Administração Nacional de Oceânica e Atmosférica), o mais quente no planeta desde 1800. Mas o que mais surpreendeu os pesquisadores foi a velocidade com que desapareceram a neve presente no Hemisfério Norte e o gelo presente no Mar Ártico.

Em 1967, a cobertura de neve em questão foi considerada a nona maior do mundo, sendo que hoje ela ocupa a terceira posição, só que na lista das menores. Poucas pessoas têm discutido sobre isso.

Entre os meses de abril e maio de 2013, metade da neve existente simplesmente derreteu: ela passou de uma área de 12,4 milhões de km² para apenas 6,2 milhões de km². E isso um tempo considerado recorde, segundo o Laboratório de Neve Global da Universidade Rutgers. Em junho, apenas 2,3 milhões de km² podiam ser vistos, representando um declínio de 63% desde maio. Pesquisadores afirmam que, nos últimos anos, não é mais incomum que a neve do inverno derreta rapidamente.

No verão de 2012, que durou de julho a setembro, a extensão de gelo no Mar Ártico apresentou o seu menor nível, que foi 49% abaixo da média entre os anos de 1979 e 2000. Ainda não se sabe o resultado de julho de 2013, mas parece que as estimativas não são muito animadoras, já que o calor chegou bem forte à região.

O oceano apresenta temperatura mais alta que a média (1°C a 3°C), e, nas primeiras semanas do mês, o gelo diminuiu num ritmo de 132 mil km² por dia. Esta taxa é 61% maior que a ocorrida no intervalo dos últimos 29 anos, que foram de 82 mil km² por dia. A boa notícia é que, por enquanto, a quantidade de gelo no mar, em 2013, é maior em 208 mil km² em relação a 2012.

A calota polar do Ártico tem uma profunda importância na manutenção do equilíbrio de todos os ecossistemas ao redor do mundo. Além de ser um habitat único para muitas espécies.

Fonte: Washington Post

Veja também:

RIO GRANDE DO SUL REGISTRA 1ª MORTE POR CAUSA DO FRIO

LAURO ALVES: ***FOTO EMBARGADA PARA JORNAIS DE RS E SC*** JARAGUÁ DO SUL, SC, 24.07.2013: CLIMA/SC - Jaraguá do Sul começou a quarta-feira com baixas temperaturas e a vegetação coberta de gelo. Pelo menos 20 municípios do Estado tiveram temperaturas abaixo de 0ºC nest

 

Um homem de 53 anos foi encontrado morto em uma propriedade rural do município de Sinimbu e a causa da morte foi confirmada nesta quarta-feira 24 como hipotermia (quando a temperatura do corpo cai abaixo do normal); “Ele deve ter dormido do lado de fora e como está muito frio, não resistiu”, disse o secretário municipal de Saúde, Plínio Weigel

 

24 DE JULHO DE 2013 ÀS 17:28

 

Luana Lourenço
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O município de Sinimbu, no Rio Grande do Sul, registrou o primeira morte provocada pelo frio intenso que atinge a região. Um homem de 53 anos foi encontrado morto em uma propriedade rural do município e a causa da morte foi confirmada hoje (24) como hipotermia (quando a temperatura do corpo cai abaixo do normal).

A onda de frio que atinge o Sul do país tem provocado temperaturas negativas em várias cidades da região. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou geada em 15 cidades do Rio Grande do Sul e em 15 de Santa Catarina. No Paraná, 44 municípios estão com temperaturas abaixo de 0 grau Celsius (°C).

De acordo com o secretário de Saúde de Sinimbu, Plínio Weigel, o homem foi encontrado sem marcas de violência, mas com sinais de embriaguez. “Ele deve ter dormido do lado de fora e como está muito frio, não resistiu”. Segundo o secretário, não há casos de pessoas desabrigadas ou registro de moradores de rua na cidade.

As temperaturas na região devem permanecer muito baixas pelo menos até o fim de semana, quando devem aumentar um pouco e chegar a mínimas de 4°C, de acordo com o Inmet.

Edição: Carolina Pimentel

 

 

 

Frente fria deixa o dia chuvoso e mais frio em SP e no RJ

Frente fria deixa o dia chuvoso e mais frio em SP e no RJ

Portal Terra+AAImprimir

Uma frente fria deixa o dia chuvoso e a temperatura mais baixa em São Paulo e no Rio de Janeiro. O frio também predomina no Sul do país, por conta da influência do ar polar – há previsão de geadas no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. 

A maior parte do Norte e Centro-Oeste tem sol com pancadas de chuva durante o dia. No Nordeste, deve chover rápido em algumas áreas litorâneas, de acordo com a Climatempo

Confira a previsão pelo país:

Norte

Sol o dia todo no norte do Tocantins e no leste do Pará. Muitas nuvens e chuva a qualquer hora do dia no Acre, no Amazonas, em Roraima e em Rondônia. Sol e pancadas de chuva a partir da tarde nas demais áreas do Norte.

Nordeste

Sol entre nuvens e chuva a qualquer hora do dia entre o leste de Alagoas e o Rio Grande do Norte. Tempo aberto e sol forte nas demais áreas com chuva passageira no sul e leste da Bahia, em Sergipe, em Alagoas, no centro de Pernambuco, no interior da Paraíba e do Rio Grande do Norte, no Ceará e no norte do Piauí e do Maranhão.

Centro-Oeste

Sol entre muitas nuvens e chuva a qualquer hora do dia em Goiás, em Mato Grosso e no Distrito Federal. No norte de Mato Grosso do Sul, ainda chove pela manhã. Sol e diminuição de nuvens nas demais áreas com a chegada de uma massa de ar frio. A temperatura fica baixa.

Sudeste

Frente fria deixa o dia chuvoso e a temperatura baixa no leste de São Paulo e no centro-sul do Rio de Janeiro. Faz frio. Nuvens e chuva no centro-norte de São Paulo, no sul, na zona da mata e no triângulo mineiros – sol o dia todo apenas no norte do Estado.

Sul

O ar polar atua forte sobre o Sul. Faz frio. Chove fraco no leste do Paraná e no vale do Itajaí. O sol aparece na maior parte do dia no restante do Sul, mas muitas áreas amanhecem com nevoeiro. Previsão de geada na serra do Rio Grande do Sul, serra e planalto de Santa Catarina.