EIS O AMIGO DO FELICIANO!

Pastor Marcos é flagrado em conversas ‘picantes’ com fiéis de sua igreja

  • Escutas foram autorizadas pela Justiça

O GLOBO, COM RAFAEL SOARES, DO EXTRA (EMAIL·FACEBOOK·TWITTER)

Publicado:22/05/13 – 13h23

O pastor com o uniforme da Secretaria de Administração Penitenciária -
Foto: Divulgação

O pastor com o uniforme da Secretaria de Administração Penitenciária – Divulgação

RIO – Em escutas autorizadas pela Justiça, que já estão sendo investigadas pela polícia, o pastor Marcos Pereira é flagrado em conversas picantes com fiéis da Assembleia de Deus dos Últimos Dias. Em uma das quatro conversas, o pastor, antes de se despedir de uma fiel que falava com ele do celular de seu carro, avisa: “Tô com saudade do seu rabo”.

O pastor foi preso no último dia 8 acusado de dois estupros de fiéis. A polícia ainda investiga se o pastor estuprou outras 20 mulheres que moravam na igreja.

Em outro diálogo, uma mulher insinua que “o pastor ia gostar” de uma lingerie que ela usou: “Ontem coloquei um negócio muito legal que o senhor ia amar, eu acho”, ela diz. Marcos ri e avisa: “Fica ligada, fica ligada”. A mulher tranquiliza o pastor: “Mas era por baixo”. Em depoimentos à polícia, vítimas do pastor afirmaram que ele mandava que fiéis fossem a seu gabinete na igreja sem roupas íntimas.

O apartamento na Avenida Atlântica, em Copacabana, onde, segundo vítimas, o pastor realizava orgias com fiéis, também é mencionado em uma das escutas. Na conversa com uma fiel, ele combina a ida dela ao local e diz que ela pode levar outra mulher, “aquela sem vergonha, a Fabiana”.

Uma fiel também se oferece para ajudar o pastor a tomar banho: “Vem embora logo”, responde ele.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/pastor-marcos-flagrado-em-conversas-picantes-com-fieis-de-sua-igreja-8464508#ixzz2U2wBGWT6 
© 1996 – 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Anúncios

NAJI NAHAS

Publicado em 10/05/2013

NAHAS VOLTA 
AO NOTICIÁRIO POLICIAL

Baixas, contabilidade, empréstimo … tudo “indevido”, “irregular”. Menos Pinheirinho !

 

De Bessinha e Enrique Santos Discepolo, “Cambalache”

 

 

Saiu no Valor, o PiG cheiroso (*):

MP CULPA NAHAS POR PERDAS DE R$ 125 MI

Por Karin Sato | De São Paulo

O nome do investidor libanês Naji Nahas, que ficou conhecido pela realização de operações especulativas com consequências desastrosas para a bolsa do Rio de Janeiro, voltou à cena. O Ministério Público do Estado de São Paulo propôs nesta semana uma ação de responsabilidade civil contra Nahas e outros executivos cuja gestão teria levado à liquidação extrajudicial da Companhia Internacional de Seguros (CIS), decretada em 2010, deixando um prejuízo de R$ 125 milhões.

A ação diz que uma comissão de inquérito da Superintendência de Seguros Privados (Susep) descobriu “diversas” decisões e irregularidades que resultaram na derrocada da seguradora. Os responsáveis seriam Naji Nahas, acionista da CIS, os ex-liquidantes Oswaldo Meyer Fleury, Moacyr Menha Junior, Luiz Antônio Alves Corrêa, José Tupy Caldas de Moura e companhias do mesmo conglomerado (Royal Empreendimentos, Taha Administração e Selecta).

O documento do MP cita empréstimos que foram feitos da CSI para empresas do grupo de Nahas que totalizaram mais de R$ 80 milhões, aponta que outros R$ 20 milhões referem-se a baixas indevidas de passivos e que quase R$ 24,7 milhões estariam atrelados à contabilização indevida de ativos.

A Companhia Internacional de Seguros teve a primeira liquidação extrajudicial determinada cerca de dois anos depois da quebra da bolsa de valores do Rio de Janeiro, em 1991, por meio de uma portaria publicada na época pelo Ministério do Estado da Economia, Fazenda e Planejamento.

 

Navalha

Como se sabe, Naji Nahas é o grande herói da batalha de Pinheirinho, a que dignificou a Justiça de São Paulo.

Naji Nahas esteve no PF Hilton, na enobrecedora companhia de um imaculado banqueiro.

E honra este ansioso blogueiro como ilustre membro da “Galeria de Honra Daniel Dantas”.

Diz-me quem te processa e dir-te-ei quem és.

Na aba “Não me calarão” será possível acompanhar as consecutivas vitórias do ansioso blogueiro na Justiça, especialmente a que obteve contra o imaculado banqueiro, num voto que fará parte da História da luta pela liberdade de expressão: o do Ministro Celso de Mello.

 

Alguém pior do que Marco Feliciano

Diálogos Políticos

tafico

Enquanto o Congresso Nacional é submetido a um constrangimento diário desde a eleição do deputado Marcos Feliciano (PSC-SP), pastor evangélico de discurso homofóbico e racista, para o comando da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, um caso semelhante na forma, mas muito mais grave no conteúdo, permanece escondido na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Em 1º de fevereiro, Carlos Mosconi (PSDB-MG) assumiu pela quarta vez consecutiva a presidência da Comissão de Saúde do Parlamento mineiro. Médico de formação, Mosconi é idealizador da MG Sul Transplantes, ONG que servia de central clandestina de receptação e distribuição de órgãos humanos em Poços de Caldas, no sul do estado. Segundo uma investigação da Polícia Federal, Mosconi chegou a encomendar um rim para o amigo de um prefeito da cidade mineira de Campanha.

Em 19 de fevereiro, o juiz Narciso Alvarenga de Castro, da 1ª Vara Criminal de Poços de Caldas, condenou quatro médicos…

Ver o post original 926 mais palavras