Baixada Santista bate recorde de casos de dengue

A Baixada Santista bateu o recorde de casos de dengue neste ano. A região registrou 25,8 mil casos desde o início do ano, superando todo o ano de 2010, quando 25,3 mil pessoas foram infectadas pela doença. Os dados foram coletados com as prefeituras, que apontam a incidência do vírus tipo 4 da doença como principal fator para a epidemia. O tipo 4 não é considerado o mais agressivo, mas preocupa porque boa parte da população não tem imunidade contra esse vírus. O recorde considera os números desde 1990, quando começou o controle estatístico (veja quadro abaixo). Até esta quarta-feira (22), haviam sido confirmadas 11 mortes em virtude da doença, sendo cinco em Santos, três em Cubatão, duas em São Vicente e uma em Guarujá. Outros cinco casos aguardam confirmação do Instituto Adolfo Lutz. Em 2010, 71 pessoas morreram em virtude da doença