3 poemas de Sofia Ferrés

LOID

um dia
viro alguém
viro a página
me livro
desse vício
viro livro
e você
me lê

caminhar o dia
de mãos bem dadas
acordar primeiro
[e a parte mais macia
da perna servir com
batatas]
desmaiar a pele
numa pilha de roupas
ou em fibras de horas
entrelaçadas

a coragem
serena de
erguer fronteira
entre a razão
cortante
e o efeito
brilhante
de paz

★★★

sofia ferres

Leias mais poemas da Sofia Ferrés

Ver o post original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.